Eczema: O que é, tipos, causas, sintomas, prevenção, tratamentos

0
30

Eczema é uma doença de pele que atinge 20% das crianças e até 4% dos adultos. Pode parecer pouco, mas vem se desenvolvendo de forma mais frequente entre as pessoas e podem trazer sintomas graves para lidar no dia a dia. Quer saber mais sobre eczema? Fica ligado no textinho de hoje.Eczema

O que é eczema?

Mais comum em bebês e crianças que possuem pele mais sensível, a eczema é uma condição crônica ou aguda de inflamação na pele, considerada uma desordem genética não contagiosa, em que há rodução falha dos óleos e gorduras naturais que dão viscosidade e hidratação na pele.

Na maioria dos casos, se manifesta através de manchas vermelhas, com pequenas bolhas, com pele dura e ressecada, podendo ser mais incidente nas mãos ou rosto, mas pode se apresentar por todo o corpo.

É vista pelos médicos como um termo coletivo para designar diferentes doenças relacionadas à pele que causam determinados sintomas; além disso, um diagnóstico de eczema por ser usado para diagnosticar outras dermatites.

Tipos de eczema

  1. Eczema de contato

Quando o corpo entra em contato com algum agente irritante, como algum tecido, alimento ou esmalte, por exemplo, ocorre um tipo de lesão na pele de causa alérgica. Não costuma ser contagioso e o tratamento se dá com anti-histamínicos e antialérgicos, para cuidar da coceira e amenizar os sintomas. Para evitar esse tipo de eczema, recomenda-se ficar longe do agente que manifestou a alergia.

  1. Eczema atópico

É um tipo de dermatite mais comuns nas crianças, sendo de forma crônica que evolui em forma de crises e causa muita coceira. Simplesmente não possui causas concretas, se manifestam sem razão aparente, e costumam ser de origem hereditária. Pode ocorrer juntamente com febre, fadiga, asma ou outros problemas respiratórios.

Causas 

São vários os fatores endógenos e exógenos  que desencadeiam os variados tipos de eczema:

  • Alergias;
  • Traumatismos;
  • Fatores ambientais, como temperatura e umidade;
  • Atopia, que são tipos de alergias hereditários;
  • Fatores psicológicos;
  • Alterações vasculares e distúrbios de circulação sanguínea;
  • Retenção de suor;
  • Roupas apertadas ou que fazem atrito;
  • Infecções de todos os tipos.

Sintomas 

  • Eritema: Altera a cor da pele para um tom mais rosado ou vermelho;
  • Pápulas: Elevação dos folículos pilosos da pele, como se fosse arrepio;
  • Vesículas: Pequenas acumulações de líquido seroso na pele, menores que bolhas comuns;
  • Alta sensibilidade da pele;
  • Coceira;
  • Descamação;
  • Cortes e rachaduras por conta da pele seca;
  • Bolhas;
  • Na fase crônica, a pele pode ficar mais espessa, mais escura e com menos pelos na área;
  • Pode criar uma crosta amarelada na superfície da pele;
  • Após muita coceira, a pele pode ficar mais escura e grossa.

Eczema em crianças

Nos bebês e crianças, as áreas mais atingidas com vermelhidão e secura são as bochechas, cabeça, queixo, dorso dos braços, pernas, tórax, estômago e parte das costas. Costuma deixar as crianças cansadas e irritadas, com a pele áspera e ressecada.Eczema em crianças

Muitos bebês tendem a ter eczema nos primeiros 6 meses de vida, mas quando o sistema imunológico ganha força, a condição passa logo e a pele supera.

Para lidar com esses casos, um pediatra deve recomendar uso diário de medicamentos ou pomadas para prevenir, não apenas remediar; os cuidados na infância influenciam 100% no nível desse eczema com o avanço da idade.

Prevenção 

Mesmo tendo predisposição genética para alguma dermatite, você pode se prevenir os sintomas com algumas simples ações. Sabemos que o eczema causa muita coceira e fica quase impossível não coçar, mas ao invés de coçar diretamente, opte por esfregar a mão no local, alivia mais rápido e causa menos danos à pele.

E evite ao máximo entrar em contato com substâncias que lhe causaram alergia ou sensibilidade pelo menos uma vez na vida. O melhor é comprovar essas alergias com exames médicos dermatológicos!

E entenda também que fatores emocionais como ansiedade e estresse diário são estimulantes para o aparecimentos dos sintomas do eczema, sendo assim procure relaxar, dormir mais e se preocupar menos com as coisas também.

Tratamentos

Não se automedique nem faça procedimentos estéticos sem antes ir ao médico e entender as verdadeiras causas do seu eczema. Depois do diagnóstico correto, são algumas das opções que seu médico pode te indicar:

  • Pomadas hidratantes;
  • Pomadas calmantes de coceira;
  • Óleos de banho;
  • Pomadas, cremes ou loções que contenham uréia;
  • Antissépticos;
  • Anti-histamínicos via oral;
  • Corticóides em forma de pomada ou gel, como o acetato de hidrocortisona ou propionato de clobetasol;
  • Imunomoduladores como primecrolimus e tracolimus;
  • Fototerapia através de luz ultravioleta ou UVB.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here