Fotodepilação: O que é? Como funciona? Qual é o preço?

0
145

Depilar-se faz parte do costume dos brasileiros. Não somente entre as mulheres, agora a depilação é muito popular entre os homens que buscam maior higiene e até por motivos estéticos.

Nesse âmbito, há muitos métodos que prometem a remoção de pelos corporais. E um deles é a fotodepilação.

Fotodepilação

O que é fotodepilação

A fotodepilação é uma técnica de depilação que atua por meio da Luz Pulsada Intensa (LIP).

Como funciona:

O procedimento da fotodepilação se dá através de um equipamento que terá a função de emitir a luz pulsada intensa. O aparelho liberará um flash de luz que irá procurar a melanina presente no pelo.

A melanina nada mais é que a proteína que fornece coloração à pele, cabelos, olhos e sobretudo aos pelos.

No caso da depilação, ela será responsável por conduzir o calor, levando-o até a raiz de cada pelo para que a máquina da fotodepilação faça o seu trabalho: queimar e eliminar o folículo piloso. Ou seja, a luz intensa pulsada destruirá as células germinativas do pelo – isso pode fazer com que essas células nunca mais voltem a nascer ou demorem muitos meses ou anos.

Isso faz com que a fotodepilação seja um método de depilação duradouro, mas que exige retoques: alguns fatores podem influenciar no crescimento dos pelos, em especial as alterações hormonais.

Dói?

Comparando-se com outras técnicas de depilação, a fotodepilação é indolor. Por ser menos invasiva, a luz pulsada intensa trabalha com menor temperatura e diminuir riscos de queimaduras ou agressões à pele da pessoa.

É claro que o ideal é que cada indivíduo passe por uma avaliação para verificar se a pele está apta para passar pelo procedimento de fotodepilação.

É importante salientar que pessoas de pele bronzeada ou negra não devem optar pela fotodepilação, afinal o procedimento age justamente na melanina – a luz pulsada intensa poderá não diferenciar o pelo da pele e irá causar queimaduras.

Ainda, a fotodepilação pode não ser a melhor alternativa para quem possui pelos loiros, ruivos ou brancos. Isso acontece exatamente pelo mesmo motivo: esses tipos de pelo não possuem melanina (ou têm, mas em pouca quantidade) e aí a luz pulsada intensa não conseguirá encontra-los.

Preço

A fotodepilação conta com outra vantagem além de ser uma técnica indolor: o preço. Nas principais clínicas que oferecem este tratamento, há uma variação de valor estabelecido por área ou por sessão, mas geralmente se estima entre R$ 55,00 a R$ 60,00.

Pernas e braços, por exemplo, são consideradas como uma área, isto é, cada perna/braço é uma área.

Fotodepilação clareia a pele

A fotodepilação é um processo que não somente aparece nas clínicas de tratamento para eliminar pelos, como também pode ter como finalidade suavizar os tons de pele de forma segura por um médico dermatologista.

Desse modo, a depilação com luz pulsada consegue remover manchas e clarear a pele, porém com um tratamento diferente: há um estímulo para que ocorra maior renovação celular, promovendo uma pele mais lisa e uniforme.

Reclamações

Na internet, é possível acessar depoimentos sobre o funcionamento da fotodepilação. Entre os que se destacam envolve a qualidade do serviço da depilação, onde muitas pessoas reclamaram que o procedimento não ofereceu resultados satisfatórios, além de relatos de queimaduras.

Nesse último caso, as queimaduras podem ter sido causadas pelo despreparo do funcionário da clínica ou pela questão de pele da pessoa não ser apropriada para a técnica.

Outras reclamações estão mais relacionadas com o atendimento das clínicas e divergência de valores cobrados.

Para visualizar as reclamações, recomenda-se visitar o site do Reclame Aqui e pesquisar o nome da clínica que você tem interesse em realizar sua depilação com luz pulsada. Assim você já tem uma ideia de como é a reputação da empresa e como ela trata os clientes!

Fotodepilação ou laser

Com a popularização da fotodepilação, muitas pessoas se questionam qual é o melhor procedimento a ser feito: a fotodepilação ou a depilação a laser?

Na verdade, o que se pode explicar sobre ambas é que seus aspectos são similares, mas se distinguem no tipo de luz utilizado para atingir a raiz do pelo. Mais sessões são necessárias para a fotodepilação, pois o alcance da luz é maior, enquanto que a depilação a laser é mais específica para o pelo.

Ambas as técnicas não são realmente definitivas, elas são progressivas – há uma redução de 80% a 90% dos pelos, exigindo-se uma manutenção anual ou semestral. O que poderá mudar nos resultados são determinadas variantes: região do corpo, produção de hormônios, cor da pele e dos pelos, etc.

A fotodepilação é menos agressiva, pois a depilação a laser penetra nas camadas da pele e gerando maior propensão a queimaduras e choques.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here