Rosácea: O que é, causas, tipos, sintomas, tratamentos, como controlar

0
54

Vermelhidão e ardência nas maçãs do rosto são sintomas comuns de quem sofre com rosácea. Se você sofre com isso, relaxa que dá pra tratar! Mas se você ainda está com dúvidas se tem ou não, confira algumas informações no texto de hoje antes de consultar um dermatologista. Boa leitura!Rosácea

O que é rosácea?

Rosácea é um tipo de doença crônica que gera inflamações na pele, principalmente no centro da face, se expandindo para as laterais como bochechas, testa, queixo e outras partes do rosto.

É conhecido por promover aquela aparência avermelhada nas pessoas, como também forte sensação de secura e ardência, principalmente na maçãs do rosto. Afeta pessoas de 30 a 50 anos de idade, mais em mulheres do que em homens, sendo que nos homens a doença pode surgir de forma mais grave. Como é uma doença crônica, não é possível eliminar a condição e sim controlar.

Causas da rosácea

São diversas as causas que podem trazer o aparecimento de rosácea. As mais comuns são:

  • Fatores genéticos;
  • Alterações emocionais;
  • Alterações hormonais;
  • Mudanças bruscas de temperatura;
  • Alta exposição solar;
  • Muita bebida alcóolica;
  • Medicamentos com efeitos vasodilatadores;
  • Pessoa com fotossensibilidade;
  • Ingestão de alimentos ou bebidas muito quentes.

Tipos de rosácea

A principal característica comum a todos os tipos é a ruborização da face, que geralmente é passageira e aparece rapidamente. O avanço desses sintomas variam de acordo com o grau de evolução da doença, que pode ser dividida em 4 tipos. Confira a seguir mais sobre os sintomas de cada tipo e como tratar cada um:

  1. Rosácea eritemato telangectasia

Sintomas:

Dos tipos, é o mais comum entre das pessoas, fazendo com que a pele fique vermelha e com os vasos capilares mais evidentes. A vermelhidão é mais presente na parte central do rosto e pode ser agravada com alguns estimulantes como álcool, excesso de exercícios físicos, entre outros. O rosto também pode arder e ficar sensível.

Como tratar?

Os dermatologistas costumam prescrever anti-inflamatórios para controlar as dores e ardências e também tratamentos a laser, que podem ajudar nos vasos dilatados da face.

  1. Rosácea pápula pustular

Sintomas:

Além da vermelhidão como nos casos comuns, o segundo tipo de rosácea faz com que apareçam também lesões pápulo-pustulosas, como se fossem espinhas na região avermelhada. Pode ser bem incômoda e agravar as inflamações.

Como tratar?

Importantíssimo não mexer nessas pequenas feridinhas que surgirão para não agravar inflamação. Os médicos também recomendam anti-inflamatórios e também pomadas externas para ajudar a lidar com essas “espinhas”.

  1. Rosácea fimatosa

Sintomas:

É bem mais comum nos homens que nas mulheres, e se caracterizam pela presença de hipertrofia e mais espessamento da pele, deixando aspecto irregular na pele especialmente no nariz. Há casos em que a área do nariz quase dobra de tamanho. Outras regiões da face podem ser comprometidas.

Como tratar?

Além dos tratamentos anteriores citados, pode ser necessária algum tipo de cirurgia para redução do volume de pele em excesso.

  1. Rosácea ocular

Sintomas:

Na ocular, a rosácea atinge diretamente a região dos olhos, mais próximo aos cílios, gerando além de vermelhidão também descamação. Quando ignorada, é uma condição que afeta a visão do paciente.

Como tratar?

Além dos tratamentos anteriores, outros medicamentos indicados por oftalmologistas podem ser necessários, como um colírio calmante; e também higienização é extremamente necessária nesse caso.

Alguns produtos para controlar rosácea

Produtos de limpeza facial, hidratantes, calmantes e anti-inflamatórios podem ser necessários nesse momento de tratamento da sua rosácea. Marcas de cosméticos famosos também possuem soluções para esses casos tais como:

  • Fluido de Limpeza Facial Calmante Antirougeurs, Avéne;
  • Loção de Limpeza, Redness Solution, Clinique;
  • Sérum Intensivo Rosalic AR Intense, La Roche-Posay;
  • Fluido Neutralizante Anti-Redness, Eucerin; entre outros.

Recomendações para quem tem rosácea

  • Procure um médico dermatologista aos primeiros sinais dos sintomas, como vermelhidão e inchaço no rosto, pois é importante descobrir em qual estágio a doença está para saber qual tratamento fazer.
  • Não se automedique nem tire próprias conclusões a respeito da sua condição da rosácea.
  • Evite exposição solar em excesso, e sempre que sair de casa, use protetor solar específico para seu tipo de pele.
  • Fique atento a alimentos, cosméticos ou medicamentos que possam agravar sua rosácea e evite usá-los.
  • Evite banhos muito quentes.
  • Alimente-se bem e hidrate-se com pelo menos 2 litros por dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here