Retenção de líquidos: Principais causas, sintomas, dicas e alimentação!

0
331

Por mais que a gente coma direitinho e faça atividades física regularmente, muitas vezes nos sentimos inchados, extremamente pesados e com metabolismo reduzido. Isso pode ser sinal de retenção de líquidos, um tipo de transtorno que afeta os níveis de líquidos no nosso corpo.

Para entender melhor sobre essa sensação de inchaço, como evitar e como tratar, leia o texto a seguir!

retenção de líquidos

O que é retenção de líquidos?

Retenção de líquidos é um tipo de alteração no metabolismo que acarreta na acumulação de líquidos no corpo, tendo um foco maior nas pernas, abdômen, braços e rosto. A sensação de inchaço é real, pois ocorre um edema com o excesso de líquidos.

Geralmente, considera-se retenção quando o nível dos líquidos ultrapassa 75%. Para fazer o teste, basta pressionar a área levemente com os dedos, ficará fácil de visualizar umas covinhas se formando por alguns minutos.

Causas de retenção de líquidos

As principais causas e fatores de risco que desregulam os níveis de líquido no corpo são:

  • Predisposição genética;
  • Alterações hormonais; sendo muito mais comum nas mulheres do que nos homens, principalmente em situações de fortes picos de alterações hormonais, como menopausa e gravidez;
  • Excesso de sal na alimentação, que dificulta a eliminação de água do corpo; principalmente em forma de alimentos industrializados, como temperos industrializados, enlatados e embutidos; isso não significa que sódio faça mal para a nossa alimentação, pois ele em quantidades adequadas tem papel importante em tarefas como impulsos nervosos e contração muscular;
  • Certos líquidos que ingerimos como bebidas alcoólicas, principalmente a cerveja, e também sucos em pó, de caixinha e também os perigosos refrigerantes;
  • Baixo consumo de água; sim, por incrível que pareça, quando retemos líquido, pode ser sinal do corpo desidratado, de forma ele retém o máximo de líquido que pode como forma de defesa para funcionar corretamente; beber água corretamente ajuda no funcionamento e purificação dos rins, os quais, quando saudáveis, eliminam os excessos e não retêm;
  • Carência de proteínas, principalmente a albumina, que é naturalmente produzida pelo fígado e controla a acumulação de líquidos;
  • Carência de outros nutrientes importantes para a eliminação de líquidos nos processos funcionais do organismo, tais como vitamina C, B6, magnésio, potássio, ômega-3 e ômega-6.

Certas doenças podem ter a retenção de líquidos como um sintoma, como por exemplo:

  • Hipotireoidismo;
  • Insuficiência renal;
  • Problemas cardíacos;
  • Problemas circulatórios.

Outros fatores “banais” do dia a dia que implicam na retenção de líquidos são:

  • Roupas apertadas;
  • Muito tempo em pé ou sentado;
  • Estresses cotidianos e ansiedades;
  • Temperaturas muito elevadas;
  • Aumento de pressão, como andar de avião, exemplo;

Principais sintomas da retenção de líquidos

  • Inchaços em determinadas áreas do corpo;
  • Cãibras, fraqueza e falta de tônus muscular;
  • Palpitações no peito;
  • Sensação de cansaço, moleza e mal-estar;
  • Alguns casos acarretam em queda de cabelo, unhas quebradiças e até alergias;
  • É possível aumentar em até 2,3 Kg apenas com a retenção de líquidos.

Como evitar retenção de líquido?

Beber muita água é prioridade quando estamos nos sentindo assim, pois vai ajudar a eliminar as toxinas retidas pelo corpo, e isso purifica a água em excesso para ela ser eliminada com mais facilidade.

Não somente beber água, mas também chás ao longo do dia, pois são bebidas diuréticas e saudáveis para várias funções ao mesmo tempo; e também consumir alimentos ricos em água, como frutas e legumes.

Ainda falando em alimentação, diminua consideravelmente seu consumo de sal na alimentação, principalmente evitando alimentos industrializados e fast foods, conforme dito anteriormente.

A prática de atividades físicas também ajuda a evitar a retenção líquida, pois mantém o corpo ativo e evita retenção de toxinas.

Outros métodos são através de massagens e drenagens linfáticas, para quem tem dificuldade de manter-se desinchada por conta de líquidos; pode ser feita em clínicas estéticas e também em casa, com massagens manuais simples que redirecionam os líquidos para serem eliminados.

Chás e alimentos para desinchar

  • Chá amarelo: Rico em ácido gálico, esse chá protege o fígado das toxinas absorvidas de poluição e alimentos; Tome de 2 a 3x vezes por dia quando se sentir inchado;
  • Chá de hibisco: Ajuda na digestão, regula intestino e combate retenção de líquido; Tome de 2 a 3x vezes por dia quando se sentir inchado;
  • Tire o saleiro da mesa, pois ele na sua frente faz com que você tempere mais a comida!
  • Alimentos: Pimenta-caiena, iogurte, gengibre, banana, limão, alho, melancia e melão.

Além disso, mastigue bem os alimentos, não beba líquidos durante as refeições e varie bem nas frutas e legumes, não fique na mesma. Cuide-se!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here